Boa Noite! Sábado, 22 de Julho de 2017

SUA CONTA



1 – Instalação: número de cadastro do imóvel no SAEP;
2 – Sequência numérica para controle de baixa (pagamento);
3 – Número do hidrômetro;
4 – Mês de referência da conta;
5 – Data de vencimento para pagamento da conta;
6 – Proprietário: nome do proprietário do imóvel;
7 – Endereço do imóvel;
8 – Número do setor de localização do imóvel;
9 – Número do leiturista;
10 – Tipo de ligação: água e esgoto ou somente água;
11 – Período de consumo: datas da leitura anterior e atual;
12 – Número de economias: quantidade de imóveis ligados no mesmo hidrômetro;
13 – Dias: total de dias de fornecimento;
14 – Próxima leitura: data estabelecida para a próxima leitura;
15 – Corte: ata para corte para contas em débito;
16 – Data da leitura atual;
17 – Leitura anterior: número marcado pelo leiturista no mês anterior;
18 – Leitura atual: número marcado pelo leiturista na data da leitura;
19 – Excesso: excedente ao consumo mínimo residencial e comercial (15 m³) e industrial (40 m³);
20 – Consumo: estabelecido pela diferença entre as leituras atual e anterior;
21 – Consumo faturado;
22 – Ocorrências diversas;
23 – Categoria: categoria de ligação do imóvel - residencial, comercial ou industrial;
24 – Dados referentes ao consumo dos últimos cinco meses;
25 – Gráfico representativo ao consumo dos últimos cinco meses;
26 - Discriminação das receitas: valores do fornecimento de água e coleta de esgoto;
27 – Valor da conta: valor total a ser pago até a data de vencimento;
28 – Espaço para autenticação mecânica;
29 – Código de barras para pagamento em instituições credenciadas.

RECOMENDAÇÕES
      * Ao receber a conta, verifique se lhe pertence;
      * Efetue o pagamento no prazo estabelecido, evitando suspensão de fornecimento;
      * O valor da tarifa aumenta com o crescimento do consumo (veja Tarifas);
      * Ligação cortada envolve despesas de corte e religação;
      * Verifique periodicamente as instalações hidráulicas para evitar excesso de consumo e desperdício;
      * Em caso de mudança de atividade comunique o SAEP para o enquadramento da categoria;
      * Em casos de falta de água e problemas na rede da rua disque 3565-4511.

      Atenção = A multa por violação constatada no hidrômetro é de R$ 227,00; um novo hidrômetro custa R$ 68,00, mais o custo de instalação. A taxa de religação é de  R$ 74,26.

DÉBITO AUTOMÁTICO
        Para utilizar o débito automático da fatura mensal do SAEP, procure o banco onde mantém sua conta corrente e forneça o seu número de matrícula no SAEP. Veja as entidades financeiras: 

Bancos Agências
Santander 033-0026
033-3858




Caixa Econômica Federal 104-0334
Itaú 341-0157
Bradesco 237-0519
Itaú Uniclass
341-8916


COMO LER O HIDRÔMETRO
      O hidrômetro é um equipamento para medir a quantidade de água consumida e, além de quantificar o valor da conta, auxilia no controle do consumo. Todos os meses, os leituristas do SAEP efetuam a “leitura” e assinalam o consumo. O consumo cobrado é o resultado da diferença entre a leitura atual e a leitura anterior. Se esta diferença se mostrar demasiadamente elevada pode ser indicativa de vazamento.

      No hidrômetro, os números em preto indicam o volume de água em metros cúbicos (m³) e os números em vermelho, o volume em litros. O SAEP fatura a água por m³, representados pelos números pretos. Quanto aos números vermelhos, eles registram consumos de 1 e de 10 litros. Esses números permitem conferir o consumo e detectar eventuais vazamentos. Por exemplo: na leitura do hidrômetro realizada pela manhã os números vermelhos indicavam 54 é à tarde, 95. A mudança nos números revela a quantidade de litros consumida entre as duas leituras, ou seja, 95 – 54 = 41 litros x 10 = 410 litros.

      No caso dos números pretos, eles indicam a leitura e não o consumo. Como exemplo, admita-se a leitura atual em 5664, que é a que o leiturista marca, e a leitura anterior em 5633. O cálculo do consumo é resultado do consumo atual menos o consumo anterior 5664 – 5633 = 27 m³.